.

.

quinta-feira, 11 de maio de 2017

TIRO E MORTE

Do Extra
O vereador Dr. Gilberto Lima (PMN) reagiu a um assalto na noite desta quarta-feira na Avenida Brasil. Ao ser abordado por dois assaltantes quando retornava da Câmara dos Vereadores para casa, na Zona Oeste, ele atirou contra os ladrões. Um deles, Kaio Alves da Fonseca, de 18 anos, foi atingido no pescoço e na cabeça e morreu ao dar entrada no Hospital Albert Schweitzer, em Realengo.
O outro assaltante foi identificado como Carlos Eduardo de Souza Maciel, de 19 anos. Durante a madrugada, ele foi operado no mesmo hospital para retirar uma bala do abdômen. Segundo a secretaria municipal de Saúde do Rio, o estado dele é grave. Dr. Gilberto também se feriu, mas sem gravidade. Procurado, o vereador disse apenas que ainda estava dormindo e desligou o celular.
 O EXTRA voltou a entrar em contato com o vereador, às 11h10 desta quinta-feira, e ele informou que estava bem e que não poderia falar porque estava dirigindo. No entanto, antes de desligar, o político contou que precisou se jogar no chão, durante a ação, e acabou sofrendo algumas escoriações:
— Graças a Deus não fui atingido por nenhum disparo, mas acabei ficando com algumas partes do corpo raladas, porque no momento da tentativa de assalto tive que me jogar no chão.
O caso foi registrado na 34ª DP (Bangu). 
Bookmark and Share

Nenhum comentário:

Postar um comentário