.

.

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

CARNAVAL, UM BÁLSAMO NECESSÁRIO

Artigo de Joaquim Cunha
Quanto riso, quanta alegria, pois é, milhões de palhaços neste imenso salão, pena que as caretas, já não são mais as mesmas, nem tem mais este nome, agora são máscaras, que não representam os ídolos da grande folia, mas, infelizmente, ex líderes que representam a nossa tristeza e decepção, que pena!
Mas é carnaval cidade, acorda pra ver!
Apesar de tudo, vamos comemorar o Reinado de Momo, afinal é a maior e melhor festa que temos, com ou sem fantasias, vamos às praças do centro da história, vamos ver a alegria da vida, a esperança perdida, renascer e coberta de glória, onde a grande avenida se encontra, com milhões de vozes e braços meninos, que noutra ocasião, com faixas e cartazes nas mãos, haverão de fazer a mudança da vida.
Outros dirão, todo mundo vai ao circo, menos eu, como pagar o ingresso, se não tenho nada, fico de fora, escutando a gargalhada...ou ainda, atrás do trio elétrico, só não vai quem já morreu...
Verdade, é contagiante, mas haverá também quem diga, tira o seu sorriso do caminho, quero passar com minha dor... Tantos poetas, cantaram e cantarão sempre, esta grande folia, para que a nossa gente, nestes dias, possam dizer: As águas vão rolar, garrafa cheia, eu não quero ver sobrar...
Finalmente, vamos curtir, hoje é dia de festa, somente nas cinzas, haveremos de reassumir as dificuldades normais do cotidiano.
Você era a mais bonita, das cabrochas desta ala... Alguém vai sambar comigo, e o seu nome eu não digo... Ou abre alas, que eu quero passar... Vai buscar Dalila...Eu vou andando a pé, pela Cidade...olá seu guarda, bota pra fora este moço, tá no salão brincando, com pó de mico no bolso... Balança o chão da praça, ou, ou, ou, ou, ou...
Salve o carnaval, vamos à folia!
Um abraço, Joaquim Cunha.
Joaquim Cunha, ex-prefeito de Gavião (BA) – Foi Presidente da Associação de Prefeitos da Região nordeste e Vice-Presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB).
Bookmark and Share

Nenhum comentário:

Postar um comentário