.

.

terça-feira, 31 de julho de 2012

O NOVO E O VELHO

Com oito nomes em uma lista de dez, a região Nordeste do Brasil é a que a concentra o maior número de candidatos mais jovens que tentam uma vaga de prefeito nas eleições do próximo dia 7 de outubro.
No topo da lista está Elvson Teixeira de Melo, 20, de Traipu (AL), sobrinho de políticos em uma cidade de pouco mais de 25 mil habitantes e na qual seus dois concorrentes são ex-prefeitos e réus em processos de corrupção.
A lista foi feita pelo UOL a partir de dados de candidaturas divulgados pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) divulgados preliminarmente, uma vez que a data final para que a Justiça Eleitoral dê o aval aos registros é o próximo dia 5.
Pela constituição e pela legislação eleitoral, a idade mínima para que um candidato se lance à disputa de uma prefeitura é 21 anos completados até a data da posse; para vereador, a idade mínima é de 18 anos.
Estreante em disputas, Melo terminou o Ensino Médio e não tem, por enquanto, planos para cursar o Ensino Superior. A partir da experiência política na cidade, afirmou, em entrevista ao UOL, o jovem disse que o combate à corrupção será o foco de sua campanha.
Planos para resolver o problema, porém, ele disse ainda não os ter.
“No momento a gente não pensou ainda muito bem sobre isso, porque o foco maior é fazer uma análise do nosso município e ver quais os problemas”, resumiu, para ressalvar: “Mas acho importante o político ter graduação em uma área; estou me inteirando e provavelmente farei uma faculdade para dar bons exemplos à minha juventude”.
O candidato disse ter sido influenciado pelos tios --um, ex-vereador de três mandatos; outro, ex-vice-prefeito --a seguir a carreira. “Virou uma tradição de família; resolvi me integrar à missão”, declarou.
Além de Melo, o Nordeste ainda tem representantes na lista dos dez mais jovens --todos, com 21 anos --pelas cidades Chaval (CE), Pirambu (SE), Belém do Piauí (PI), Araioses (MA), Santa Brígida, Seabra (ambas, BA) e Barra de Santana (PB). Completam o grupo Ibirité (MG) e Praia Norte (TO).
Análise
Para o especialista em marketing político e diretor corporativo da ESPM Emmanuel Públio Dias, aspectos como o patrimônio político e o tempo de mídia do candidato são mais relevantes que fatores isolados como a idade.
“Valem mais fatores como apoios políticos, as qualidades intrínsecas do candidato ou mesmo o tempo em rádio e TV, por exemplo, do que olha isoladamente a idade”, disse, para completar: “E em marketing político, nenhum fator é olhado isoladamente, mas um conjunto de símbolos que tenham a ver com o candidato e com o cenário onde ele está inserido”, afirmou.
Quatro dos dez candidatos mais velhos na disputa pelo comando de uma prefeitura no Brasil estão nos Estados de São Paulo e Minas Gerais, com dois nomes cada um. No topo desse ranking está o empresário Sebastião Biazzo (PMDB), 89, que já chefiou o Executivo do município de Aguaí (193 km de São Paulo) outras cinco vezes.
A lista dos dez candidatos mais velhos foi feita pelo UOL a partir de dados de candidaturas divulgados pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Mas o levantamento é preliminar, uma vez que a data final para que a Justiça Eleitoral dê o aval aos registros é o próximo dia 5.
Avesso a entrevistas, o ex-prefeito de Aguaí informou à reportagem, por e-mail, que decidiu se colocar mais uma vez como opção ao eleitor da cidade de pouco mais de 32 mil habitantes por sentir disposição para o trabalho.
"Me sinto com plena disposição fisica e mental para o trabalho, e assim também me sinto apto para trabalhar como prefeito", disse.
 A tentativa de nova eleição ocorreu, segundo ele, porque a população tem sido "maltratada". "A população de Aguaí vem sendo maltratada com péssimo serviço de saúde, ausência de criação de empregos, desrespeito ao funcionalismo publico e outras mazelas", afirmou Biazzo.
"Penso que agora posso recolocar a cidade num rumo certo, melhorando os serviços e, principalmente, agora, com a cidade tendo uma boa estrutura fisica que foi construída anteriormente, possa desenvolver economicamente e criar oportunidades de emprego para a população", afirmou.
Dez mais “experientes”
Conforme os dados dos registros de candidatura divulgados pelo TSE, os dez candidatos mais velhos, além de Aguaí, estão (por ordem decrescente) nas cidades de Paiva (MG), Santa Cruz das Palmeiras (SP), Capela de Santana (RS), João Dourado (BA), Barros Cassal (RS), Riachão das Neves (BA), Padre Bernardo (GO), Brasilândia do Tocantins (TO) e Ituiutaba (MG), com idades que variam entre 87 e 82 anos.
Pela Constituição e pela legislação eleitoral, a idade mínima para que um candidato se lance à disputa de uma prefeitura é 21 anos. Para a Câmara de Vereadores, a idade mínima é de 18 anos completados até a data da posse.
Análise
Para o especialista em marketing político e diretor corporativo da ESPM Emmanuel Públio Dias, aspectos como o patrimônio político e o tempo de mídia do candidato são mais relevantes que fatores isolados como a idade.
“Valem mais fatores como apoios políticos, as qualidades intrínsecas do candidato ou mesmo o tempo em rádio e TV, por exemplo, do que olha isoladamente a idade”, disse, para completar: “E em marketing político, nenhum fator é olhado isoladamente, mas um conjunto de símbolos que tenham a ver com o candidato e com o cenário onde ele está inserido”, afirmou.
Do UOL, UOL
Bookmark and Share

CIRO, O TRAIDOR

Por Eugênia Lopes do O Estado de S. Paulo

O presidente do PSDB em Minas Gerais, Marcus Pestana, reagiu ontem às declarações do ex-ministro Ciro Gomes (PSB), que declarou apoio à reeleição da presidente Dilma Rousseff em 2014.

"O ex-ministro Ciro Gomes é um traidor, está no ostracismo e não esconde o incômodo com a projeção nacional do ex-governador de Minas, o senador Aécio Neves (PSDB-MG), e do presidente nacional do PSB e governador de Pernambuco, Eduardo Campos."

Em entrevista ao Estado, Ciro se disse decepcionado com o tradicional aliado, Aécio, e defendeu que o PSB só entre na corrida presidencial em 2018. "O Ciro está incomodado com a projeção do Aécio e do Eduardo e com o seu papel marginal na política", afirmou Pestana.

Aécio trabalha pela reeleição do socialista Marcio Lacerda, que foi secretário executivo de Ciro Gomes no Ministério da Integração Nacional. Na última hora, o PT desistiu de manter o apoio à candidatura de Lacerda e lançou Patrus Ananias na corrida pela prefeitura da capital mineira.

"Quem rompeu com o Marcio foi o PT, que quis vampirizar o PSB", disse Pestana. "Não me venha o Ciro falar que a intransigência foi do Aécio."

Pestana acusou Ciro de ter "traído" o ex-governador Tasso Jereissati (PSDB-CE), que o lançou na política. "Ciro traiu o povo do Ceará" ao ceder aos apelos de Lula e mudar seu domicílio eleitoral para São Paulo, em 2009."

Bookmark and Share

sábado, 28 de julho de 2012

SÓSIAS ELEITORAIS

Gerson Januário de Almeida (à esq.) aproveitou a semelhança com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e usa o nome de urna Obama BH para concorrer a uma vaga de vereador pelo PRB em Belo Horizonte.
Jociel Barbosa de Jesus se candidatou a vereador pelo PP na cidade de Cujubim (RO) com o nome Buda do Esporte. Fisicamente, ele se parece com o esportista Wanderlei Silva, lutador de MMA.
Elenita Sobrinho dos Santos (à esq.) se candidatou para vereadora em Fortaleza pelo PTN com o nome de Tina Taner para aproveitar sua semelhança física com a cantora norte-americana Tina Turner.
Jonas Fontoura Santana (à esq.) é conhecido em São Paulo como Seu Madruga. Ele é candidato a vereador pelo PSC e quer aproveitar a semelhança com o personagem para conseguir mais votos.
João Dantas Menezes de Assis, conhecido como João da Piroca (à esq.), é candidato a vereador pelo PT no município de Crisópolis (BA). Ele lembra o comediante Pedro de Lara, morto em 2007.
Sergio Paulo Andrade Menezes, também conhecido como Bob Esponja (à esq.), concorre a uma vaga de vereador pelo PSD na cidade de Fátima (BA). A semelhança física com o atacante Kleber Gladiador, atualmente no Grêmio, não é o único fator em comum entre os dois. O jogador, nascido em 12 de agosto de 1983, é apenas nove dias mais velho do que o político, que nasceu em 21 de agosto de 1983.
Do UOL
Bookmark and Share

DOLLY, SEU AMIGUINHO

O candidato do PRB à Prefeitura de São Paulo, Celso Russomanno, usou o seu mandato quando era deputado federal para defender o empresário Laerte Codonho, que foi condenado à prisão pela Justiça por crime contra a ordem tributária e hoje é o seu sócio. É o que informa a reportagem deste sábado dos jornalistas Julia Duailibi e Fernando Gallo do jornal O Estado de S. Paulo. Clique aqui e confira a reportagem na íntegra.

Bookmark and Share

CARTILHA LGBT

Uma cartilha que avalia candidatos e partidos políticos pelos homossexuais foi elaborada e divulgada na internet. Batizado "Cartilha LGBT para as Eleições 2012/2014", o material é assinado por membros da LGBT (Lésbicas, Gays, Bisexuais, Transexuais e Transgêneros)  Brasil do Orkut.
Segundo a cartilha, candidatos do PR -formado da fusão do Prona e do PL- não devem receber votos dos homossexuais, pois o partido pertence a um grupo que deve ser "combatido pelos LGBT". O mesmo vale para o PP.
O senador Magno Malta (PR-ES) e o deputado federal Anthony Garotinho (PR-RJ) são citados como os principais articuladores de propostas que prejudicam os gays.
Os deputados federais Jair Bolsonaro (PP-RJ) e Paulo Maluf (PP-SP) também aparecem como candidatos que não devem ser votados "em hipótese alguma".
Álvaro de Lima Oliveira, 38, foi uma das pessoas que ajudou a escrever o documento. Oliveira, que é medico e vive em Guaxupé (MG), disse que contou com outros membros da comunidade na elaboração do trabalho que foi feito todo pela internet.
A ideia de produzir um material que orientasse a comunidade LGBT na hora de escolher seus candidatos surgiu a partir da ausência de uma representação política para esse público. "Todos conhecem a bancada evangélica, mas ninguém sabe quem faz parte da bancada de livre expressão sexual", disse Oliveira.
Dicas de como identificar um político que apoia as causas LGBT e de como votar bem, na ótica do movimento, ocupam parte das 37 páginas da cartilha. Uma avaliação detalhada de cada partido foi feita, sendo que 12 deles são citados de forma negativa, por supostamente atuarem contra as lutas do grupo.
Outro lado
O deputado federal Jair Bolsonaro disse que se sente "orgulhoso" por fazer parte da lista dos políticos não recomendados pelo movimento.
Segundo sua assessoria de imprensa, Magno Malta informou que irá pedir a retirada do seu nome.
Anthony Garotinho e Maluf preferiram não se pronunciar sobre o assunto.
O trabalho foi lançado em março e os autores não têm estatísticas de visualizações do mesmo, todavia, afirmam que a página criada no Facebook para divulgar o trabalho já conseguiu alcançar mais de 62 mil pessoas. Leia a cartilha aqui.
Do UOL
Bookmark and Share

MARINA ROUBA A CENA

Marina Silva rouba a cena da presidente Dilma Rousseff em Londres. Entre as surpresas guardadas a sete chaves pelos organizadores dos Jogos estava a participação de Marina entre as personalidades mundiais para carregar a bandeira olímpica no estádio em Londres. Apresentada como” líder e referência na luta pela proteção ao meio ambiente”, Marina não disfarçava o entusiasmo ao terminar de carregar a bandeira.

Bookmark and Share

MARATONA FOTOGRÁFICA

Do blog do Fernando Rodrigues

Apesar da expectativa de ser liberado pelos médicos em 6.ago.2012, o ex-presidente Lula já terá um dia corrido por causa da campanha eleitoral na próxima 2ª feira (30.jul.2012). Ele reunirá no hotel Mercure do Ibirapuera, em São Paulo, cerca de 120 candidatos a prefeito em um café da manhã. Fará sessão de fotos e gravará vídeos com alguns dos presentes.

O PT espera 84 candidatos petistas no encontro. Foram chamados todos os candidatos em capitais, em cidades com mais de 200 mil habitantes e em municípios estratégicos de regiões metropolitanas, por exemplo.

Entre os petistas estão confirmados Fernando Haddad, candidato em São Paulo, e Nelson Pellegrino, que disputa a Prefeitura de Salvador. Dos aliados, confirmaram presença, segundo a assessoria do PT, Vanessa Grazziotin (PC do B), de Manaus, Valadares Filho (PSB), de Aracaju, e Luana Ribeiro (PR), de Palmas.

Chama a atenção na lista de confirmados Gustavo Fruet, ex-deputado federal pelo PSDB do Paraná e que foi até 2010 uma das vozes mais críticas ao PT no Congresso Nacional. Agora ele está filiado ao PDT e tenta ser prefeito de Curitiba com o apoio justamente da cúpula petista.

Fruet conseguiu essa aliança porque o casal de ministros Gleisi Hoffmann (Casa Civil) e Paulo Bernardo (Comunicação) enxergam em sua eventual vitória uma chance de enfraquecer o inimigo em comum: o governador Beto Richa (PSDB) que, em 2014, provavelmente tentará se reeleger enfrentando Gleisi.

Bookmark and Share

sexta-feira, 27 de julho de 2012

PARTIDO PIRATA

O Partido Pirata do Brasil (PPBr) finalmente iça as velas. Em atividade desde 2007, o grupo determinado a levar a bandeira da internet para a política dará o primeiro passo nesta para se tornar, oficialmente, um partido nesta semana. O processo só deve ser concluído no ano que vem, tornando reais as chances de haver candidatos piratas disputando as eleições em 2014. Saiba mais.

Bookmark and Share

quinta-feira, 26 de julho de 2012

A MULHER QUE ERA O GENERAL DA CASA

O jornalista Paulo Moreira Leite reuniu em livro um conjunto de nove reportagens que publicou, entre 1995 e 2009, em diferentes veículos de comunicação.

São perfis, atualizados e revisados, de pessoas que se destacaram de alguma maneira na luta pelo fim do regime militar.

Em meio ao tremendo esforço coletivo que livrou o País daquele período de violência e injustiças, elas encarnaram, em algum momento, a consciência democrática do País.

O resultado é positivo. Além de conter boas histórias individuais, A Mulher que Era o General da Casa funciona como um bom painel do período. Também é oportuno.

Estimula reflexões no momento em que a Comissão Nacional da Verdade desenvolve esforços para mostrar a história real do regime, enfrentando a oposição de grupos que qualificam seu trabalho de revanchista. Leia mais.

Bookmark and Share

60 ANOS SEM EVITA


Em 26 de julho de 1952, há 60 anos os argentinos choravam a morte de Evita Perón, conhecida como Evita, a filha mais ilustre da Argentina. Atriz, Evita se tornou uma líder política em seu país, quando casou com o general Juan Domingo Perón e se tornou primeira-dama da Argentina. Clique aqui e saiba mais.
Bookmark and Share

quarta-feira, 25 de julho de 2012

LEMBRANDO PEDRO LAVANDEIRA


Há 9 anos, os sobralenses perderam um dos maiores poetas populares, Pedro Lavandeira. Mestre na arte de transformar grandes sucessos musicais em memoriáveis músicas de campanha política da família Prado, Pedro Lavandeira deixou o legado da amizade, fidelidade e honestidade.

Para lembrar Pedro Lavandeira, esse grande poeta popular, o blog Sou Chocolate e Não Desisto posta a música que seu irmão, o poeta e cantor Zé Lavandeira fez para homenagear o saudoso irmão. Clique aqui e ouça outras músicas memoráveis das campanhas pradista, na voz de Pedro Lavandeira.

Bookmark and Share

segunda-feira, 23 de julho de 2012

AGORA É QUE SÃO ELAS

De acordo com dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), dentre os 5.565 municípios do Brasil, existem 45 cidades onde só há mulheres na disputa pela prefeitura nas eleições de outubro. Leia mais.
Bookmark and Share

quarta-feira, 11 de julho de 2012

ZÉ PRADO, 80 ANOS

Memória – Em 11 de julho de 1932, nasce em Sobral (CE), José Parente Prado, filho do ex-prefeito de Sobral Jerônimo Medeiros Prado e Francisquinha Gomes Parente Prado. Em continuidade aos passos do pai, Zé Prado ingressa na política em 1972.
Eleito prefeito de Sobral por duas vezes, deputado estadual por três legislaturas. Casado com dona Maria do Socorro Barroso Prado; tiveram três filhos: Ricardo Prado, Marco Prado e José Inácio.
Zé Prado torna-se um dos políticos mais respeitado e admirado em Sobral - zona norte – e no Estado do Ceará. Sempre empenhado no bem-estar do povo sobralense e do Ceará respeitou o rico e esteve sempre em defesa do pobre.
Com jeito simples, amigo e companheiro de fazer política, ele cativou até adversários, que se rendiam a um abraço do “Zé dos Pobres”, como era conhecido pela população sobralense.
José Parente Prado faleceu em 26 de maio de 1999, vítima de infarto, no Hospital Dr. Estevão, em Sobral (CE). Deixou esposa, filhos, o Pai (faleceu em 2003), irmãs, netos, parentes e amigos!
Saudade do “Zé dos Pobres”!
Bookmark and Share

terça-feira, 10 de julho de 2012

DE ZÉ PRA ZÉ...


Mudança na chapa majoritária da Coligação ‘Sobral Caminhando com o Povo’ liderada pelo vereador social democrata Marco Prado. O ex-vereador José Inácio Gomes Parente, filho caçula do ex-prefeito José Parente Prado, assumi o lugar do irmão mais velho, o ex-deputado estadual José Ricardo Prado, e será o vice de ‘Chocolate’.
Informações obtidas pelo Blog Sobral em Revista dão conta que a saída de Zé Ricardo foi por motivos pessoais, uma vez que o mesmo possui duas grandes lojas franqueadas à Colchões Ortobom, em Teresna/PI, e que a mudança repentina para Sobral seria prejudicial aos seus negócios.
Com a ida de Zé Inácio para a posição de vice levantou a hipótese de que a família Prado fará carga para tentar eleger para a Câmara Municipal, Raquel Parente, esposa de Zé Inácio.
Bookmark and Share

segunda-feira, 9 de julho de 2012

REVOLUÇÃO CONSTITUCIONALISTA, 80 ANOS

A Revolução Constitucionalista de 1932 completa 80 anos hoje. É o maior feriado cívico do Estado de São Paulo, onde os paulistas homenageiam os combatentes da Revolução Constitucionalista de 1932, que ficou conhecida como Guerra Paulista.

Com o rompimento da chamada “política do café com leite”, em 1929, entres os Estados de Minas Gerais e São Paulo, desencadeou a Revolução de 1932.

Em reação ao fim da política do café com leite, os estados de Minas Gerais, Paraíba e Rio Grande do Sul lideraram o movimentou que culminou no Golpe de 1930.

Os paulistas saíram derrotados do embate, mas não se pode dizer que foi em vão; em 1934 sob pressão social o governo de Getúlio Vargas criou uma nova Constituição Federal.

Bookmark and Share

quinta-feira, 5 de julho de 2012

VALEU, ANTONIO SIMÃO!


No fim da noite desta quinta-feira (5), recebi a notícia da morte do meu tio, amigo e companheiro de longas e boas histórias, Antonio Simão, o maior pradista que conheci. Ir à sua casa sempre foi motivo de alegria.
Quem teve a oportunidade de conhecer “Seu Antonio Simão”, conheceu a amizade verdadeira. Amigo daqueles que se pode contar em todas as horas. Homem de caráter ilibado, pai exemplar, era um sogro excepcional, avô extraordinário e esposo dedicado.
A saudade se torna imensa quando penso que nunca mais irei encontrá-lo, não desfrutarei mais da sua companhia, da amizade sincera, dos momentos que sentávamos na calçada para jogar conversa fora ou falar sobre política.
Antonio Simão era perseverante, otimista e não sabia dizer não para ninguém, estava sempre pronto para ajudar. Nele, não se via tristeza, de fácil sorriso, seu semblante transmitia sinceridade. Ele era um guerreiro.
A tristeza faz companhia nesse momento tão difícil. Nunca mais vou encontrá-lo para abraçar, sob à mesa da cozinha, tomar café e apreciar seu vasto conhecimento É uma dor imensurável. Valeu, Antonio Simão!
Bookmark and Share

SOBRAL, 239 ANOS


A cidade de Sobral, situada na região norte do Ceará, comemora hoje 5 de julho, 239 anos. Segundo dados do IBGE (2010), Sobral, conhecida como Princesa do Norte tem mais de 188,00 mil habitantes aproximadamente e fica a 238 quilômetros de Fortaleza.
Um dos monumentos característicos da cidade, o Arco do Triunfo foi construído em 1953 por iniciativa de Dom José Tupinambá da Frota, como marco da visita da imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima ao Ceará.
O blog Sou Chocolate e Não Desisto parabeniza a todos que contribuíram e continuam trabalhando para que Sobral seja, a cada dia, uma cidade melhor para se viver. Parabéns, Sobral, 239 anos l!!!
Bookmark and Share

FATOS E VERSÕES

Registros oficiais desmentem a versão repetida pelo candidato do PT à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, de que nunca foi procurado pela administração paulistana em busca de verba para a cidade quando ocupou o Ministério da Educação, entre 2005 e 2012.
Em entrevista à Folha no dia 16 de junho, Haddad afirmou: "O secretário de Educação do prefeito Kassab [Alexandre Schneider] jamais me solicitou uma única audiência durante toda a sua gestão à frente de sua secretaria e durante toda a minha gestão. Nunca houve manifestação de interesse da prefeitura em estabelecer parceria com o governo federal."
A agenda pública do Ministério da Educação e um e-mail da Secretaria Municipal de Educação ao gabinete do então ministro mostram que Haddad recebeu Schneider ao menos uma vez. O encontro ocorreu em 16 de fevereiro de 2011, a pedido do então secretário.
Hoje, Schneider é candidato a vice na chapa do tucano José Serra, o principal adversário do PT na eleição.
VERSÕES
Na última segunda-feira, Schneider disse que Haddad havia mentido e relatou um encontro com o petista, no MEC. Questionada, a assessoria de Haddad confirmou em nota a audiência.
Depois, quando a reportagem apontou que o petista havia negado diversas vezes qualquer encontro com Schneider, a assessoria do candidato emitiu uma segunda nota. Disse que houve apenas "visita" e reiterou que Schneider ou o prefeito Gilberto Kassab (PSD) nunca pediram "audiência para demandar recursos do MEC".
Avisada sobre a existência de registros de uma audiência, a assessoria de Haddad deu uma terceira versão. Em nota assinada pelo coordenador-geral da campanha, Antonio Donato, assumiu a audiência e os pedidos de recurso, mas disse que a demanda foi feita "de última hora".
"O secretário [Schneider] estava pressionado pelo Ministério Público do Estado, que se preparava para ajuizar uma ação civil pública de improbidade pela incapacidade de suprir o deficit de 120 mil vagas de creche", completou.
PARCERIA
No e-mail que pediu a reunião com Haddad, a Secretaria de Educação disse que queria apresentar "projetos para possíveis parcerias".
Desde que assumiu a candidatura, Haddad vem atribuindo o baixo volume de investimentos do MEC em São Paulo ao desinteresse da gestão de Kassab. Ele tem usado a falta de parcerias como mote e sempre diz que, se eleito, poderá trazer mais recursos federais para a cidade.
Ontem, Schneider criticou Haddad: "É lamentável que um candidato jovem, em sua primeira eleição, inicie-a com uma prática tão antiga como mentir", disse.
O desdobramento da reunião Haddad-Schneider também é alvo de polêmica. Schneider diz que a burocracia do MEC impediu o acesso da cidade aos recursos. Haddad afirma que os procedimentos exigidos eram simples.
OUTRO LADO
Procurado pela reportagem, Fernando Haddad minimizou a audiência com Alexandre Schneider e disse que o ex-secretário agiu, na ocasião, em fevereiro de 2011 para despistar o Ministério Público Estadual.
"Eu considero os movimentos do secretário no ano passado um mero jogo de cena para dar satisfação às investigações do Ministério Público", afirmou, por meio de sua assessoria.
A assessoria de Schneider afirmou que o pedido de recursos foi feito meses antes da ação citada pelo PT, que tem como alvo a prefeitura.
Em nota, a campanha de Haddad afirma que Schneider "solicitou, de última hora, um encontro com o então ministro da Educação".
"O secretário estava pressionado pelo Ministério Público do Estado, que se preparava para ajuizar ação civil pública de improbidade, como de fato ocorreu, pela incapacidade do município de suprir o deficit de 120 mil vagas de creche".
A campanha do petista diz que, na reunião, o secretário foi orientado a manifestar formalmente seu interesse na parceria em "ambiente virtual". "Em junho de 2011, Schneider encaminhou ofício, pelo correio, solicitando a inclusão no programa Pró-infância de forma inadequada", diz o PT.
"A secretaria não se cadastrou nem manifestou interesse", sustenta a nota.
Bookmark and Share

quarta-feira, 4 de julho de 2012

QUEM DERA SER UM PEIXE...

O último fim de semana foi marcado por convenções partidárias em todo o país, a maioria ocorreu sem nenhum incidente, mas no Crato (CE), na região do Cariri a convenção do PSB, partido do governador Cid Gomes, o clima esquentou com a agressões e zombaria.

Um grupo de estudantes da URCA (Universidade Regional do Cariri) se reuniu no Crato Tênis Clube e uma comissão com o governador Cid Gomes na sede da URCA, que recebeu uma pauta de reivindicações expondo o descontentamento com a precária situação que passa a universidade.

Mas o governador neo-socialista se irritou quando um estudante questionou sobre a escassez de verbas para a Instituição e reclamou dos recursos destinados à construção de um aquário, em Fortaleza. Alguns manifestantes estavam com cartazes com frases referente a obra faraônica que está sendo construída na capital.

Como mostra o vídeo acima, o governador que sempre menosprezou a educação, saúde e segurança, respondeu aos manifestantes do jeito Ferreira Gomes de ser: com ironia e deboche. "...Então, não aceito provocação, podem ficar com os cartazezinhos aí de "quem dera ser um peixe, quem dera ser um peixe...Tibunguem ali no Canal...”

Nas redes sociais circula uma foto onde aparece o ex-tudo, Ciro Gomes numa suposta agressão física a um dos estudantes. Ele teria agredido ainda uma estudante. A imprensa de Sobral abafou o caso, os blogs, a maioria de vassalos dos senhores feudais, não postaram uma linha. Nem na base do ‘copia e cola’.

A comprometida grande mídia também não divulgou o episódio, saiu apenas em um ou dois veículos, porém, fizeram de forma que não desagradasse a Santíssima Trindade; colocando-os como vítimas de baderneiros.

Ainda bem que vivemos na era das redes sociais, onde fica impossível amordaçar e esconder ações tão estapafúrdias como essa. Mas não se engane, não é a primeira vez e nem será a última que os nômades da política cearense agem assim.

Bookmark and Share

NA CACHOEIRA DAS OPORTUNIDADES

Mais um político envolvido em maracutaia, o prefeito de Palmas (TO), Raul Filho, do PT foi flagrado em vídeo prometendo ‘oportunidades’ ao contraventor do momento, Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira. As promessas de oportunidades eram em troca de doações para a campanha de 2004.

Filho firmou seis contratos de R$ 119 milhões com a Delta Construções, empresa de Cachoeira que está no olho furacão da CPI do Cachoeira por suspeita de envolvimento com vários políticos que tinham contratos suspeitos em várias cidades do país.

As relações perigosas da empresa de Cachoeira com políticos de todos os níveis demonstram que a Delta tem ramificações por todos os lados. A ganância pelo poder se soma aos inescrupulosos políticos que ainda existem e que torna o Brasil em um verdadeiro antro da corrupção. Leia mais.

Bookmark and Share

terça-feira, 3 de julho de 2012

MUSEU DO LULA

Via blog do Benett
Bookmark and Share

LIVRE, LEVE...

Às vésperas do julgamento do mensalão, que ocorrerá em agosto deste ano, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) livrou o vice-líder do governo, o deputado José Guimarães (PT-CE), de envolvimento no episódio que ficou conhecido como ‘dólares na cueca’.

O episódio que ocorreu há sete anos, onde um assessor do deputando federal, José Guimarães (PT-CE) foi preso no aeroporto de Congonhas (SP) com US$ 100 mil escondidos na cueca, e mais R$ 209 mil numa maleta de mão, na hora que embarcava para Fortaleza.

A decisão do STJ enche de esperança os outros 39 envolvidos no escândalo e que se sentirão dignos de complacência dos ministros da Suprema Corte, com ampla certeza de que, talvez a maioria seja absolvida, deixando o brasileiro de bem, mais envergonhado e com índice alto em descredito na Justiça.

Bookmark and Share

segunda-feira, 2 de julho de 2012

PEÑA NIETO, NOVO PRESIDENTE DO MÉXICO

CIDADE DO MÉXICO - O Partido Revolucionário Institucional (PRI), que governou o México pela maior parte do século 20, proclamou vitória na eleição presidencial de domingo, encerrando um período de 12 anos na oposição, após uma campanha dominada pelas preocupações econômicas e a guerra contra o tráfico de drogas. A amostragem, conhecida como contagem rápida dos votos, foi elaborada pelo Instituto Federal Eleitoral (IFE), o órgão reitor do pleito.

Com a promessa de restaurar o crescimento econômico, o candidato Enrique Peña Nieto conquistou uma vantagem clara sobre seus adversários nas pesquisas de boca-de-urna e numa contagem inicial dos votos realizada pelas autoridades eleitorais.

Apesar de os principais concorrentes terem afirmado que ainda é cedo demais para reconhecer a derrota, Peña Nieto, de 45 anos, realizou um discurso da vitória à noite saudando seus eleitores, e uma importante autoridade eleitoral disse que a vantagem do candidato do PRI é irreversível.

"Os mexicanos deram uma nova chance ao nosso partido. Vamos honrar os resultados", disse um visivelmente emocionado Peña Nieto aos seguidores na sede do PRI, na Cidade do México.

Eleitores em festa comemoraram com cartazes com caricaturas de seu candidato e bandeiras com as cores vermelho, verde e branco -- da bandeira do México e também do partido.

O presidente Felipe Calderón, que está deixando o cargo, saudou Peña Nieto pela vitória, que representou uma volta por cima para o PRI.

Com retornos de mais de dois-terços das urnas, Peña Nieto tinha 37 por cento dos votos, mais de quatro pontos percentuais à frente do adversário de esquerda Andrés Manuel López Obrador.

Projeções iniciais da emissora de TV Milenio indicaram que o PRI não conseguiu votos suficientes para formar maioria absoluta tanto no Senado como na Câmara.

Da Agência Reuters

Bookmark and Share

domingo, 1 de julho de 2012

PLANO REAL, 18 ANOS

Lançado no dia 1º de julho de 1994, o Plano Real está completando neste domingo (1º) 18 anos de implementação. De acordo com o Ministério da Fazenda, a inflação estava em torno de 50% ao mês em junho de 1994 e baixou para 1,7%, nos primeiros meses de 1995. O ministério registra ainda que o plano entrou em vigor em um momento “quando há 35 anos não se registravam taxas tão reduzidas de inflação”. Além de baixar a inflação, o plano tinha como objetivo enunciado promover o desenvolvimento econômico.

A inflação elevada durante a vigência do cruzeiro real, moeda vigente até então, motivava a necessidade de reajuste quadrimestral de salários, com base na inflação do período. Em alguns quadrimestres, os salários reajustados chegavam a dobrar seu valor nominal. O plano ainda trocou o cruzeiro real pelo real. Antes, houve um período de transição com a atualização monetária por meio da Unidade Real de Valor (URV), que convertia os valores ainda cobrados em cruzeiro real.

Com a estabilização da inflação, o Brasil adotou, em 1999, o regime de metas da inflação, que estabelece percentuais mínimo e máximo para a variação de preços. Em 2005, o Banco Central (BC) definiu a meta de 4,5% para a inflação anual até 2014. Em 2005, o resultado apurado ao final do ano foi 5,69%. Em 2006, caiu para 3,14%; em 2007 para 4,46%; em 2008 subiu para 5,9%; em 2009 caiu para 4,31%; em 2010 se elevou a 5,91%; e, em 2011, atingiu o teto da meta, 6,5%.

Para 2012, levando em conta projeções do mercado financeiro, o BC elevou em 0,3 ponto percentual, no último dia 28, a projeção para a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), estipulando a previsão em 4,7%. O cenário foi desenhado com base em uma taxa de câmbio de R$ 2 e na meta da taxa básica de juros, a Selic, de 8,5% no ano.

Agência Brasil

Bookmark and Share

PARA PENSAR E AGIR

Por Marta Suplicy publicado na Folha de S. Paulo

São Paulo vive situação dramática. Só neste ano foram assassinados 40 policiais, todos fora de serviço. Vários ônibus foram incendiados numa possível ação orquestrada contra o comando das autoridades policiais. Isso sem falar dos arrastões a restaurantes e prédios.

É nesse contexto de agravamento da violência, tanto na região metropolitana quanto no restante do Estado, que se inserem os casos de violência contra a mulher.

De setembro de 2011 a maio deste ano, tivemos 55.174 casos de mulheres vítimas de lesão corporal dolosa e, destes, 34.906 casos foram no interior --dados da Secretaria da Segurança Pública.

Estudo do Instituto Sangari indica que a violência doméstica ainda é a maior causa de assassinatos de mulheres no Brasil (em São Paulo, em 2010, 663 morreram). Enquanto os homens morrem nas ruas, as mulheres morrem e são agredidas dentro de suas casas.

A Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) que investiga a violência contra a mulher vem apurando denúncias de omissão em diversos Estados brasileiros.

Em São Paulo, Franco Montoro foi pioneiro com a criação da Delegacia da Mulher. Entretanto, quando se aprofunda a questão, as ações são gotas d'água num oceano de problemas --que os números mostram que só se agravaram nas últimas décadas, sem empenho realmente sério por parte do Estado diante dos fatos.

Não existe um programa de atendimento integrado às vítimas e há somente uma Delegacia de Defesa da Mulher com atendimento 24 horas! Mais grave, não existe orçamento nem a devida contrapartida do recurso federal.

As verbas federais para ações de combate à violência contra a mulher não têm sido aplicadas com a transparência necessária pelo governo estadual. Em um Estado com 645 municípios, só existem 34 equipamentos específicos para atendimento às vítimas. O problema das mulheres agredidas e assassinadas tem sido tratado como ocorrência pouco importante ou relevante.

Fico pensando quantos desses que batem em mulher ou quantos assaltantes que estão fazendo da vida do paulista um inferno não são fruto de lares violentos. De mulheres espancadas, humilhadas e abandonadas à própria sorte. Que não tiveram assistência nem oportunidade para tentar, com seus filhos, uma vida melhor. Que, por circunstâncias, não conseguiram criar cidadãos.

Embora 70% das situações de violência contra a mulher ocorram na residência da vítima, esse não é um problema que será resolvido dentro de casa. O Estado tem que estar presente: na infância, prestando assistência às mães, ou, depois, construindo cadeias. Os resultados e diagnósticos da CPMI, se levados a sério, podem fazer diferença.

Bookmark and Share