.

.

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

FOMOS TODOS REBAIXADOS

Artigo de Marina Silva
Nesta semana, todos nós fomos rebaixados. O esforço dos últimos 20 anos para que a economia brasileira tivesse sua inflação sob controle, que houvesse responsabilidade com o gasto público e estímulo ao investimento no Brasil para assegurar a expansão do seu PIB foi desperdiçado.
Este governo levou o Brasil à escalada da dívida pública, fez desaparecer 9,7 milhões de empregos e direitos trabalhistas históricos estão ameaçados. A reversão da balança comercial, infelizmente, é apenas pontual e não significa que o Brasil melhorou em competitividade global de sua indústria.
O Brasil perdeu parte significativa do orçamento da educação e já há cortes anunciados em programas sociais que estão sendo justificados como “remédios amargos”. Do ponto de vista ambiental, estamos em um retrocesso com aumento diário na devastação das florestas. Agora, perdemos a confiança internacional, medida pela agência Standard & Poor’s, por meio do rating dessa agência. “Todos vão perder” diz a presidente numa fala amplamente divulgada na Internet.
De fato, o Brasil está perdendo partes importantes de seu corpo econômico, social e ambiental em razão do atraso na política, que fez a escolha em favor dos anéis do poder como fim em si mesmo em prejuízo dos dedos: o futuro do povo brasileiro.
É inaceitável, ver o ex-presidente Lula pela segunda vez, minimizando a crise, como fez em 2008, quando ironicamente a chamou de marolinha. Precisamos retomar o debate de uma pauta estratégica para o país com base na verdade dos fatos, que aponte algum caminho em meio a esse doloroso ermo e expresse o processo de recuperação das conquistas econômicas, sociais e políticas que, lamentavelmente, se perderam. Tentar sair do pântano puxando o próprio cabelo, como o Barão de Munchausen, não funciona na vida real, soterra cada vez mais o futuro do povo brasileiro.
Bookmark and Share

Nenhum comentário:

Postar um comentário